terça-feira, 10 de julho de 2012

Um mar de amor !

Sua beleza me emocionou e me deixou com medo, medo de me perder nesse mar sem fundo chamado amor, medo de mais uma vez me afogar nas ondas de ilusão e morrer na ressaca das fortes ondas de desespero me jogando para fora do mar de amor.
Mas como sua beleza tem um ar de lucidez eu me entreguei ao seu mar sem medo de me afogar, fui me banhando e me deliciando, não tinha nenhum incomodo, nenhuma pedra que me fizesse para e voltar por um passe errado, suas leves ondas de carinho e aconchego me fizeram boiar nesse mar que é de rosas e de paz, sem medo eu digo novamente que me entreguei, mas não me arrependi, tempestades chegaram e se foram, ondas bateram e quebraram qualquer barreira que tinha contra o amor e assim hoje eu sou tão intimo seu que me confundo, que esqueço que somos duas pessoas diferentes, quero ser com você único de uma maneira boa para  os dois, não vou me excluir da vida, mas sim valorizar aquilo que me faz viver e sorri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário